Nimesulida serve para dor de dente?

Nimesulida serve para dor de dente?

A Nimesulida é um analgésico e anti-inflamatório, muito indicado para aliviar vários tipos de dor, principalmente dores agudas, inflamação e febre. Mas será que a nimesulida para dor de dente é eficaz?

Primeiro vamos conhecer mais sobre o este remédio e suas propriedades.

Ele pode ser encontrado em cápsulas, gotas, gel, supositórios ou pomada. Pode ser comprado em farmácias, em genérico ou com os nomes comerciais Cimelide, Nimesubal, Nisulid, Arflex ou Fasulide, mediante apresentação de receita médica.

E é importante lembrar que ele não pode ser consumido por menores de 12 anos de idade, e sempre é aconselhável procurar um médico para fazer o uso de medicamentos.

A atuação da Nimesulida para dor de dente é simples, já que seu princípio ativo age diretamente no sistema nervoso central e nas partes do cérebro que funcionam como alertas e impedem a fabricação de radicais livres.

Como tomar nimesulida para dor de dente?

Existem recomendações específicas para fazer o uso de nimesulida. E, como todo remédio, é preciso seguir a risca para que o tratamento dê certo. Segue recomendações:

Comprimidos e cápsulas: 2 vezes/dia (de 12 em 12 horas, após as refeições);

Gotas: o recomendado é uma gota por cada quilo do peso corporal (2 vezes/dia);

Dispersíveis e granulado: dissolvidos em aproximadamente 10 mL de água (de 12 em 12 horas, após as refeições).

As informações são obtidas através da bula, mas a indicação de tempo de uso é obtido através do médico. No entanto, vamos fazer um apurado técnico de como ela age no organismo.

A nimesulida inibe uma enzima chamada “ciclooxigenase”, que está relacionada a produção de uma substância chamada prostaglandina. Essa inibição faz com que a dor diminua.

O tempo médio estimado para o início da ação depois que você tomar o medicamento é de 15 minutos para alívio da dor. E, em casos de febre, a resposta inicial acontece cerca de 1 a 2 horas após o uso do medicamento e dura aproximadamente 6 horas.

Contraindicações da Nimesulida

O uso da nimesulida para dor de dente pode gerar alguns efeitos colaterais. Os mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com nimesulida são diarreia, náuseas e vômitos.

Pode também ocorrer coceira, em caso de alergias, suor excessivo, prisão de ventre, aumento dos gases intestinais, gastrite, tonturas, vertigens, hipertensão e inchaço. Por isso é necessário administrar o remédio junto ao médico.

Ele está contraindicado para pessoas com alergia a qualquer componente do medicamento, ao ácido acetilsalicílico ou a outros anti-inflamatórios.

Também não deve ser usado por pessoas com úlcera no estômago, com hemorragia no trato gastrintestinal ou com insuficiência cardíaca, renal ou hepática grave. E não é aconselhado a ingestão desse remédio junto ao uso de bebidas alcoólicas.

Nimesulida para dor de dente e plano odontológico: qual a relação?

Primeiro que a dor de dente é o indicativo para problemas que precisam ser detectados por um profissional (no caso dentistas), lembrando que a Nimesulida vai aliviar a dor, mas não vai sanar de vez o possível problema bucal.

Inclusive, o uso da nimesulida para dor de dente é muito indicado por dentistas, seja para ajudar com a dor pós tratamento de canal, extração de siso ou apenas uma habitual dor de dente. Porém, é comum que o problema persista, e assim, é necessário a presença maior do mesmo.

Contar com um plano odontológico garante que você tenha uma presença profissional em seu tratamento e garante que o incômodo será resolvido rapidamente, afinal de contas, a dor de dente é um dores piores incômodos que existem.

E o melhor de tudo é que você garante um tratamento correto, sem suposições se irá funcionar ou não, gerando também economia ao contar com assistência diária de profissionais capacitados que irão direto à causa do problema.

Bom, esperamos que tenha ficado claro como ministrar este remédio, suas contraindicações e como evitar que sua dor de dente prolongue-se ou se torne algo maior. Sabemos que saúde é coisa séria, o que inclui também a saúde bucal.

Esteja alerta aos sinais que o seu corpo dá, pois ele sempre te informa quando há algo errado. E, faça o seu papel, esteja em dia com seus exames, faça visitas periódicas ao médico e invista em qualidade de vida.

Artigos recentes

Outros artigos que podem te interessar

Gengiva inchada: o que fazer?
Gengiva inchada: o que fazer?

Tem problemas com gengiva inchada? Saiba como tratar e as causas. Gengiva inchada pode ser incômoda, mas com bons há...

Relógio de ponto para consultórios: Saiba tudo aqui!
Relógio de ponto para consultórios: Saiba tudo aqui!

Tudo sobre relógio de ponto e as melhores opções para aplicar em empresas. O relógio de ponto é ferramenta essenc...

Dentição de bebês: Conheça um remédio natural que vai aliviar o incômodo do seu filho
Dentição de bebês: Conheça um remédio natural que vai aliviar o incômodo do seu filho

O colar de ambar realmente melhora a dentição dos bebês? Ele funciona como um antiinflamatorio? Quais são os fatos...

Fique por dentro das novidades

Cupons de desconto, novidades e muito mais