Dentes de leite: esperar cair ou arrancar?

Dentes de leite: esperar cair ou arrancar?

Uma das fases mais gostosas dos filhos e crianças que estão por perto, é quando estão com os dentes de leite prestes a cair. Tanto para os pais como para as crianças é uma expectativa e tanto, para tirar o dente e deixar para a fada do dente.

Mas para muitos pode surgir uma grande dúvida sobre o que é melhor, esperar cair ou arrancar o dente?

Hoje vamos ajudar a entender o que é melhor nesse momento e ainda se existem consequências para cada uma dessas escolhas.

Esclarecendo as principais dúvidas a respeito do dente de leite

A troca de dentes pode acontecer próximo aos cinco ou seis anos. É importante lembrar quando possível, como foi o desenvolvimento e aparecimento dos dentes para os pequenos quando ainda tinham menos de dois anos.

Nos casos em que a criança demorou a ter os primeiros dentes, pode ser que demore para começar a cair. Por sua vez, nos casos em que o dente apareceu cedo algumas vezes quando a criança ainda tinha poucos meses, pode ser que o processo de troca aconteça até mesmo, antes dos cinco anos.

É claro que até mesmo por ser algo diferente e novo as crianças principalmente, vão ficar todas ansiosas e querendo que o dente caia logo.

Mas os pais precisam ajudar a criança nesse momento e assim, fazer com que elas consigam controlar a ansiedade para não ficar mexendo a todo momento no dente.

Qualquer que seja a sua dúvida a respeito dos dentes de leite, vamos tentar esclarecer nesse artigo.

Primeiro, vamos procurar entender o que acontece e por que o dente fica mole.

Processo de crescimento do novo dente

Antes mesmo que o dente de leite comece a ficar mole, é preciso entender que existe um novo dente que aos pouquinhos está nascendo e começando a se desenvolver.

Pouco a pouco nesse processo de crescimento, o dente crescerá e obter as suas raízes para então ser considerado como permanente.

E aqui está um dos primeiros pontos que é preciso entender e até mesmo por isso, saber aguardar o tempo certo. Como a raiz do dente pouco a pouco está crescendo, naturalmente irá empurrar o dente de leite e assim, irá ficar mole para que depois possa ser tranquilamente retirado.

Consequência para quem arranca o dente antes da hora

Uma vez que o dente está nesse processo ainda, não é indicado ficar mexendo a todo momento no dente e até mesmo, forçando para extrair o dente.

Nos casos em que a criança ou até mesmo os pais, forçam o dente a ser arrancado, pode machucar a gengiva e inclusive, atrapalhar no crescimento do dente permanente.

Esperar o tempo certo é a melhor opção

Para quem escolhe por esperar o tempo certo de arrancar o dente e na verdade, esperar cair, esta é a melhor opção pois o dente será retirado apenas no momento, em que ele já está pronto para ser removido.

Dessa forma, não irá ocasionar nenhum tipo de ferimento, danos para a raiz do dente ou ainda, prejudicar o crescimento do novo dente que está chegando.

Claro que quando o dente está preso por muito pouco, é possível retirar o dente até mesmo, para evitar possíveis acidentes.

Quando o dente é retirado e não existe sangramento, é o melhor sinal de que o dente foi removido no momento certo.

Após a remoção do dente o mais indicado é fazer bochechos com água corrente e esperar pelo menos, cerca de 30 minutos para comer ou tomar algo.

É importante ficar atento à criança nesse momento e em especial, quando é o primeiro dente a ser retirado, pois a sensação pode ser um pouco diferente agora, que possui um dente a menos.

Fique por dentro das novidades

Cupons de desconto, novidades e muito mais