Odontologia para crianças, como é a odontopediatria

Odontologia para crianças, como é a odontopediatria

Se você tem filhos pequenos com certeza já fez uma visitinha em um odontopediatria, afins de cuidado e também de prevenção bucal. Essa é a especialidade responsável ela saúde bucal das crianças.

Sabemos ainda que muitas crianças tem um verdadeiro pânico quando o assunto é enfrentar a cadeira do dentista, e por esse motivo cada vez mais a odontopediatria se destaca enquanto área.

Essa especialidade vai ajudar as mamães a tirarem todas as dúvidas em relação a troca dos dentes, sobre a escovação correta, e até mesmo um acompanhamento na estante, que já pode ir tirando suas dúvidas sobre a saúde bucal do bebê, porque a especialidade também abrange essa faixa etária.

E quem acha que o profissional só pode atender crianças, está enganado! Para se especializar na saúde bucal infantil é necessário estudar todos os campos da odontologia antes, e essa forma se tornar cirurgião, por isso antes de se especializar em crianças, o profissional, obrigatoriamente, atendeu pacientes de todas as idades.

Consulte também com o melhor especialista em ortodontia.

Por isso a criança pode fazer todo o acompanhamento com um odontopediatra e não precisa mudar quando chegar a adolescência, assim como em outros áreas da saúde, é sempre importante ter uma pessoa de referência e de confiança, por isso a troca não seria benéfica.

O profissional que se especializa na área tem que estar pronto para estudar o desenvolvimento bucal desde a barriga da mãe, e por isso são aptos a detectar todas as mudanças que acontecem ao longo do ano, e mais do que toda parte fisiológica e anatômica.

O profissional sabe lidar com a área emocional, e isso é bem importante, pois como colocamos acima, as crianças tem um grande trauma, e o profissional precisa fazer com que percebam que tudo realmente não passa de fantasias.

Primeiras consultas e visitas regulares

Como já foi comentando acima, as grávidas já podem começar a saúde bucal do bebê. E os especialistas na área defendem bastante essa ideia, inclusive indicam um "pré natal odontológico" você já ouviu falar?

Basicamente a gestante vai se informando sobre todas as mudanças que podem acontecer na boca do bebê, além dos aspectos de higiene.

Essa prática é considerada preventiva, e está dando bons resultados futuros nas crianças onde as mães fizeram esse acompanhamento desde a barriga, porém é algo muito novo ainda.

Quando não há esse acompanhamento é muito importante que a primeira consulta aconteça antes dos 6 meses de idade, para que a mãe receba todas as orientações a tempo de as colocar em prática.

E nesse período o desenvolvimento é constante, por isso as consultas a cada 6 meses são necessários para fazer a avaliação de cada momento, e intervir na hora certa.

Sem dúvidas a infância é uma fase de extrema importância na vida, e por isso precisa de atenção em todos os sentidos, inclusive na saúde bucal! E nenhum profissional vai ser melhor nisso do que o odontopediatra.

Não podemos nunca esquecer que a saúde bucal é tão importante quanto a física, e vai além só da questão estética.

Artigos recentes

Outros artigos que podem te interessar

Gengiva inchada: o que fazer?
Gengiva inchada: o que fazer?

Tem problemas com gengiva inchada? Saiba como tratar e as causas. Gengiva inchada pode ser incômoda, mas com bons há...

Nimesulida serve para dor de dente?
Nimesulida serve para dor de dente?

Nimesulida para dor de dente funciona? Tire aqui todas as suas dúvidas de como usar a nimesulida para dor de dente, s...

Fique por dentro das novidades

Cupons de desconto, novidades e muito mais