Facetas dentárias: entenda como funciona

Facetas dentárias: entenda como funciona

Você já ouviu falar nas facetas dentárias? Trata-se de um novo tipo de tratamento odontológico que deixa os seus dentes como os de "artistas da TV", conforme afirmam as principais empresas do segmento.

Muito usado por causa da estética, as facetas dentárias estão se tornando cada vez mais acessíveis para o grande público, que vê nessa opção uma solução para deixar o sorriso mais bonito.

Se você não sabe do que estamos falando, continue a leitura para entender o que são as facetas, como elas funcionam e como são aplicadas!

O que são as facetas dentárias?

As facetas dentárias são uma espécie de lâmina feita em laboratório de cerâmica ou resina e que é aplicada diretamente nos dentes do paciente odontológico.

A sua função é, portanto, melhorar o sorriso da pessoa ao corrigi-lo de pequenas imperfeições. Na prática, a cerâmica ajuda a modificar a coloração dos dentes, a sua forma e até mesmo arrumar pequenos trincos ou pedaços tortos.

Na prática, as facetas são aplicadas e mantidas por muitos anos, desde que hajam as manutenções preventivas recomendadas pelos fabricantes e dentistas.

Qual a diferença entre elas e as lentes de contato dental?

Se você leu a descrição acima e já ouviu falar no conceito de lentes de contato dentais, deve estar se perguntando qual a diferença entre as duas tecnologias. Afinal, as lentes de contato para dentes também são lâminas feitas de cerâmica ou resina aplicadas para corrigir imperfeições no sorriso do paciente.

Na verdade, a grande diferença entre as facetas e as lentes de contato é a grossura delas, além do desgaste do dente do paciente.

Para dentes muito desgastados, que já foram restaurados várias vezes e cuja cor esteja mais intensa, as facetas são as mais recomendadas por serem um pouco mais grossas. Elas são, de certa forma, o "remédio pesado" da situação.

Já as lentes de contato dentais são soluções ultrafinas, mais delicadas e podem ser aplicadas em dentes com pouco desgaste. São soluções muito usadas para prevenir problemas que exijam as facetas dentárias.

Como elas são aplicadas?

O processo de aplicação das facetas dentárias parece muito assustador quando se ouve falar neles, mas, na verdade, é um procedimento bem simples e tranquilo.

Tudo começa com a fabricação da faceta. Para isso, é necessário visitar um dentista e realizar uma medição precisa dos dentes do paciente. Isso é preciso porque as facetas são milimetricamente produzidas em laboratório e únicas para cada pessoa.

Por exemplo, suponha que você queira corrigir a coloração dos seus dentes. É necessário que cada faceta seja exatamente do tamanho perfeito de cada um dos dentes para não ter problemas depois de colocadas.

Assim que as peças estiverem prontas, será necessário desgastar os dentes. Isso porque as facetas são "encaixadas" nos dentes. Pense em colocar, por exemplo, uma capa protetora em cima dos dentes. Ficará um "espaço" sobrando, correto? Por isso, é preciso desgastar os dentes para anular esse espaço na hora da aplicação.

O desgaste é feito pelo dentista e, no caso das facetas, precisa ser um pouco mais intenso do que no caso das lentes de contato dentais, uma vez que elas são mais grossas. É por isso, por exemplo, que os especialistas utilizam as facetas apenas em casos mais graves.

Depois do desgaste feito com uma broca diamantada, o dentista aplicará uma faceta provisória no lugar para que o usuário se acostume antes de receber as definitivas. A partir daí, é só aplicar um cimento específico para os dentes e colocar as facetas no lugar de maneira bem caprichosa.

Todo o processo é feito sob efeito de anestesia local, o que o torna pouco desconfortável ou doloroso para o paciente.

Quais os cuidados necessários com as facetas?

Depois de aplicadas e cimentada, as facetas podem durar muitos anos até precisarem de uma troca. No entanto, é importante tomar muitos cuidados com elas para garantir que sua vida útil será aumentada.

Um dos principais cuidados com as facetas é na escovação. O ideal é usar escovas de cerdas macias, que cause pouco contato abrasivo com as peças, para não desgastá-las demais. O mesmo vale para os cremes dentais e enxaguantes bucais. Afinal, seus químicos também podem desgastá-las.

Para evitar quebrar ou trincar as peças, é importante evitar hábitos negativos como roer as unhas ou morder determinados objetos. Dependendo da dureza do item, é possível fraturar as facetas. Já comidas, no entanto, estão livres de restrições.

Além disso, é essencial fazer consultas de acompanhamento frequentes com um dentista de confiança para poder avaliar o desempenho das facetas e ver se é preciso realizar algum tipo de procedimento corretivo durante os anos.

E aí, aprendeu o que são as facetas dentárias? Com elas, seu sorriso ficará muito mais bonito e sem imperfeições, aumentando a sua auto-estima.

Artigos recentes

Outros artigos que podem te interessar

Fique por dentro das novidades

Cupons de desconto, novidades e muito mais